São duas horas da madrugada de um dia assim…

Um velho anda de terno velho, assim, assim…

Se eu estivesse no twitter, diria: #secosemolhadosfeelings.

É que o dia está tão São Francisco Xavier aqui na Terra da Rainha, que me lembrei de Ney Matogrosso cantando com Pedro Luis e a Parede, e de Secos e Molhados, com aquela voz macia e cheia de vigor do Ney. E, lembrando de São Francisco, lembrei que estou com saudades de casa. Saudades boas, daquelas que não matam, mas que abrem um caminho pra voltar.

Olhando pela janela, vejo o telhado de uma casa a frente, que tem uma chaminé, e está todo molhado. A chuva faz um barulhinho quase imperceptível porque é como um sereno fora da janela. E um sereno tem barulho de pouca água, de barulho nenhum.

E o guarda belo é o heroi assim assm...

E dias assim são tão São Francisco Xavier! Quando aparece o guarda-belo… quando aparece a cor do velho…

4 pensamentos sobre “São duas horas da madrugada de um dia assim…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s