Um email para recordar

“A dor da saudade
Quem é que não tem
Olhando o passado
Quem é que não sente
Saudade de alguém…”
(Elpidio dos Santos)

Há três anos enviei um email para uma amiga. Hoje de manhã, ela me respondeu a mensagem.

À parte a inusitada demora, pude reler de que saudades eu falava três anos atrás:

“Brincar de cavocar terra com colher roubada da cozinha, beijar nariz de vaca (tão úmido…), abraçar meu cavalo quando ele estava suado, dar milho quando ele estava cansado, soltá-lo no pasto depois de um passeio, ficar na varanda cantando com minha mãe e meus irmãos a única música do Belchior que a gente sabia, abraçar o Bilu e o Rex, ter um jardim e tocar teclado na janela.”

De tudo isso e mais um pouco continuo tendo grandes saudades.

 

3 pensamentos sobre “Um email para recordar

  1. Sabe, amor, eu adorava deitar na grama e sentir o cheiro. Às vezes eu cavocava a grama (com uma colher roubada, se tivesse…) para o cheiro ficar ainda mais gostoso. É bom demais encontrar esses portais da alma.

  2. Ai Keila…vc sempre de uma maneira ou outra fazendo meus olhos marejarem de lágrimas!!!Isso não se faz com uma chorona como eu…hehehe
    É sempre bom relembrar de tempos bons, de tempos que temos saudades. E apesar da demorada nunca é tarde para se ter saudades!
    (Ficou meio repetitivo né? Foda-se!)
    Eu cavocava a terra pra fazer ´bolinhos` mais era com a mão msm…sempre abraçava meu cavalo…agora sinto falta de dar um passeio com ele, mais oq me deixa mtu feliz era pegar um papelão e descer o morro…😉
    ´Compartilhando` as saudades com vc, e sempre com saudades de vc!
    Beijo grande

  3. Quanta saudade eu tenho de vc menininha, dançando lambada com aquela sainha rodada que a tia Nena te deu e ainda, a família toda a sua volta, apreciando uma garotinha de 3 anos a dançar como gente grande.
    Keila, a gente sente saudades das coisas boas que vivemos e isso é maravilhoso, lembrar-se de algo bom, de um tempo em que éramos felizes e não sabíamos nos faz valorizar o momento presente.
    Eu também sinto saudades de seu rostinho sempre alegr e curioso por saber.
    Eu sinto saudades de vc agora e de vc bebezinho, menininha, mocinha e agora mulher.
    Beijos e muitas saudades…
    Sua mama.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s