Ao longo do rio Wensum

“Quando entrar setembro e a boa nova andar nos campos
Quero ver crescer nossa voz no que falta sonhar…”
(Beto Guedes)

Começou setembro, acabou agosto, o mês que não deveria existir. Todas as más notícias vêm no mês do agouro. Quem não se lembra da morte de Getúlio romanceada num livro de Rubem Fonseca chamado… Agosto.

Para iniciar um novo mês, é preciso:

  1. Entrar numa igreja fofa.
  2. Comprar um livro sobre as 32 igrejas medievais de Norwich.
  3. Visitá-las.
  4. Andar por ruas ainda não conhecidas.
  5. Acreditar que o sol vai voltar, sempre.

Assim comecei setembro. E, para saudar o novo mês, fiz uma caminhada pelas margens do rio Wensum, acompanhada de minha colega Chiara.

Wensum, como todo rio de uma cidade medieval, foi o coração de Norwich por séculos. Serviu para transportar mercadorias, foi palco de invasões e foi por ele que as pedras trazidas da Normandia, utilizadas na construção da catedral e do castelo, foram transportadas.

Wensum, hoje.

Hoje, ele é um dos 16 rios mais importantes do país, incluso no Área Especial de Conservação Europeia, e uma das marcas registradas de Norfolk.

Ao longo de sua margem, há o Wensum River Parkway. Que lindo! Trilhas e pequenos bosques são muito fotogênicos.

Andando, tromba-se com uma ponte charmosa, uma torre medieval, um canal. Bancos de madeira úmidos sussurram convites: venha ler um livro. Debaixo de uma árvore, outro banquinho, com o sol morno da tarde. Vontade de virar lagartixa e ficar estirada lá. Mas o sol some em segundos. É preciso seguir!

Ao lado, sempre a catedral. Mais a frente, à esquerda, o pub mais bonito e mais antigo de Norwich: Adam and Eve. Documentos apontam que sua existência remonta ao século XIII, quando um dos operários que trabalhava na catedral teve seus honorários pagos no pub em pão e cerveja. São 761 anos servindo pints!

Preservando muito de suas características originais, ele parece a casa de uma bruxinha, é coberto por flores. Para matar a sede, pedimos meio pint de cida, sempre refrescante.

Às 18h, o sol se foi. Era hora de voltar para casa.

Este slideshow necessita de JavaScript.

10 pensamentos sobre “Ao longo do rio Wensum

  1. Eu queria dizer “Que passeio mais gostoso, keilinha!”, mas o seu blog não deixa, ele afirma eu eu já disse isso antes… então eu vou dizer:
    “Que dia mais lindo, que passeio mais gostoso!!!” hehe
    Eu infelizmente não tenho muito volcabulário, hehehe
    Beijos!!!!

  2. Keila, muito legal !!!!!
    obrigado por compartilhar um pouco desse local lindo !!!!

    ah, e depois vc me fala como colocou essa sequência de fotos automáticas no wordpress !!!!!

    bjs.

    Mauro

  3. “Bancos de madeira úmidos sussurram convites…”.
    Poesia expressa. Quando irá arriscá-la na língua do Bardo? Só por brincadeirinha?
    Agora… que voce está virando uma igrejólatra, lá isso está. Eu sei, eu sei, é um vírus. A arquitetura eclesiástica conta histórias, envolve.

  4. A cantora Vanusa (quando a memória dela ainda funcionava…) cantava uma canção sobre as manhãs de setembro”:
    “Eu quero sair
    Eu quero falar
    Eu quero ensinar
    O vizinho a cantar
    Nas manhãs de setembro…”
    É uma gostosura estar com você nessas manhãs de devaneios, olhares, vitrais e poesia. Amo você.

  5. q pena vc falar que agosto é um mês que não deveria existir, há umas lindas tardes de inverno ensolaradas em agosto por aqui!!!

    minha cara, meus parabéns, seus posts não necessitam de comentários, mas sim de serem impressos e encadernados no formato de um livro para ser vendido nas bancas!

    Parabéns de novo, mas dessa vez pelo aniversário, muitas felicidades para você, muita luz e alegria.

    Acabaram de quebrar um prato aqui ao meu lado e perdi o fio da meada… ah!, sim, suas descrições sobre os pubs me deixaram com vontade! Ainda bem que vc está por aí, aproveitando por nós!

    Felicidades

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s